Entretenimento

A atriz Carla Diaz, emagreceu 5kg e mudou seus treinos para poder viver Suzane von Richthofen nos cinemas

O filme que a atriz participa mostrará a vida de Suzane, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais

“A direção me pediu para deixar o corpo menos definido, já que eu vinha de uma preparação intensa do Carnaval”, afirmou ela à revista Quem.

Segundo a atriz, o filme mostrará a vida de Suzane, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, desde os 15 anos. Por isso, optou por deixar o corpo menos definido, suspendendo a musculação e dando mais ênfase aos exercícios aeróbicos.

O crime que será mostrado na trama aconteceu na casa da família de Suzane, quando seus pais dormiam. Além de Suzane, também foram condenados pelo crime seu então namorado Daniel Cravinhos, e o irmão dele, Cristian. O ator Allan Souza Lima, 33, confirmou no mês passado que interpretará Cristian. Ainda não foi revelado quem fará Daniel.

Allan revelou recentemente, em entrevista ao blog do Leo Dias, no UOL, que também teve que emagrecer para fazer o personagem. “Estou quase com 6 kg a menos do meu habitual para encarar esse personagem. Existem as tatuagens no processo de caracterização, são 11 no total. Fora isso terei cabelo baixo, barba por fazer. Tudo muito cuidadoso e baseado nos autos do processo”, afirmou.

Nem Carla nem Allan tiveram contato com os criminosos para compor os personagens: “Eles não têm qualquer tipo de envolvimento com o filme. Ninguém da produção falou com eles. A história é toda baseada nos autos do processo. Tirei dali o que eu precisava com a orientação da equipe”, afirmou o ator. Intitulado “A História da Menina que Matou os Pais”, o filme começa três anos antes do crime, quando Suzane e Daniel se conheceram, e vai até a prisão dos dois. O longa deve chegar aos cinemas em 2020.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios