GeralPolítica

A corrida pela prefeitura de São Paulo, e um possível candidato petista com ligações pra lá de obscuras

Jilmar Tatto (PT) tinha ligações com o também petista Luiz Moura, aquele que saltou de ladrão a deputado pelo PT Mas afinal quem é Luiz Moura?

 

Ele era aliado de Jilmar Tatto quando era secretário de transportes na prefeitura de Sāo Paulo na gestão de Fernando Haddad, que foi flagrado pela polícia em uma reunião com 13 membros do PCC. Isso mesmo senhores! Inclusive entre essa turma estava também um dos homens que participaram do assalto ao banco Central no Ceará em 2005, de onde levaram R$ 164,8 milhões.

A reunião ocorreu na sede da Transcooper uma tal “cooperativa”que tinha autorização da prefeitura para operar na época, algumas linhas da cidade. Flagrado, ele disse que estava no local para tratar de assuntos dos cooperados e não explicou a presença de membros do PCC na reunião, que aliás 11 dos 13 membros do PCC presentes, não tinham ligação com o empreendimento.

O ex-deputado petista Luiz Moura era ex-presidiário. Foi preso em 1991 por assaltos a mão armada e condenado a 12 anos. Acabou fugindo da cadeia. No tempo em que ficou foragido, este grande empreendedor construiu um patrimônio, acreditem, de R$ 5 milhões, com participação em uma empresa de ônibus e em postos de gasolina. Depois acabou se elegendo a deputado estadual pelo PT.

Seu poder na época, no transporte alternativo e no PT cresceu muito na gestão da ex-petista Marta Suplicy, quando ajudou a organizar o serviço de vans. Seu irmão, Senival Moura, era vereador do PT, e criou um sindicato de perueiros. A dupla era aliada política de ninguém menos do que Jilmar Tatto.
O sr Tatto, fez do chamado “transporte alternativo” na era petista — perueiros e cooperativas de ônibus — uma espécie de curral eleitoral.

Na época a polícia já investigava fazia tempo a infiltração do PCC no setor. O dinheiro que usavam para a aquisição de veículos de algumas cooperativas teria origem da organização criminosa.

O PT expulsou Luiz Moura em 2014. Mas mas fez vista grossa na sua ficha criminal, quando o mesmo entrou para o partido.
Só para refrescar a memória, Jilmar Tatto que era secretário dos transportes na prefeitura de São Paulo, foi naquele período que toda a população de São Paulo sofreu com ônibus incendiados, quase que diariamente pelo PCC, mas os perueiros não. Deu pra entender?

Fica a dica para que o eleitor pesquise bem antes de dar seu voto.

Vai começar a época de caça á votos, e você caro eleitor poderá ser a próxima vitima, se não puxar a capivara do candidato!

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios