DestaquePolítica

A pedido de Bolsonaro, PSL desiste de apresentar destaque para tirar Coaf da Economia

O PSL não apresentará destaque para devolver o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) ao Ministério da Justiça e irá votar pela manutenção do órgão no Ministério da Economia, disse nesta terça-feira o líder do partido no Senado, Major Olimpio, depois de conversa com o presidente Jair Bolsonaro.

Olimpio havia reiterado na véspera que apresentaria um destaque durante a votação da Medida Provisória 870, que trata da reforma administrativa do governo federal, nesta terça-feira, para devolver o Coaf à pasta do ministro Sergio Moro.

No entanto, o senador foi convencido pelo presidente e por telefonemas do próprio Moro e do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que a mudança não iria atrapalhar a atuação do órgão, mas poderia prejudicar a aprovação da MP.

Se o Senado aprovar a volta do Coaf para o Ministério da Justiça, como estava previsto inicialmente na MP, o texto terá que voltar para a Câmara e poderia caducar antes de ser votado novamente pela Casa, já que o limite é a próxima segunda-feira.

O líder do PSL disse ainda que os partidos Podemos e Pros planejam apresentar um destaque sobre a mudança de pasta do Coaf, mas que haverá uma tentativa de sensibilizar essas legendas a também evitarem a mudança.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios