DestaqueGeralPolítica

A saúde de Bolsonaro 1 ano depois da facada – e o que a PF ainda investiga sobre o ataque

Nesta sexta-feira (6), a facada que quase matou o presidente Jair Bolsonaro completa um ano.

Em setembro de 2018, durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), o então candidato pelo PSL sofreu o ataque que o fez passar por três cirurgias. A quarta operação está marcada para este domingo (8).

O agressor, Adélio Bispo de Oliveira, está preso há um ano. O primeiro inquérito da PF concluiu que ele agiu sozinho no momento do ataque e que a motivação “foi indubitavelmente política”. Em maio deste ano, Adélio foi considerado inimputável pela Justiça por ter uma doença mental.

Na última segunda-feira (2), a PF pediu a prorrogação por mais 90 dias do segundo inquérito.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios