Economia

Abraciclo projeta crescimento de mais de 6% na produção de motocicletas

Em 2019, o aumento foi de 6,8% na fabricação

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) está otimista em relação ao crescimento na produção de motocicletas em 2020. A estimativa é de que 1.175.000 unidades sejam fabricadas no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Em 2019, o setor alcançou um aumento de 6,8% na fabricação dos veículos, com 1.107.758 unidades entregues, e está em expansão, já que, deste número, vendeu 1.084.639 motocicletas para concessionárias. Essas vendas representaram um crescimento de 13,2% em relação às 957.764 de 2018.

Para este ano, a entidade almeja que o repasse às concessionárias some 1.147.000 unidades, o que representaria um aumento de 5,7% em relação ao percentual alcançado em 2019. A previsão de alta também está no varejo: a projeção para 2020 é de que 1.140.000 unidades sejam emplacadas e licenciadas, o que será equivalente a um aumento de 5,8% diante das 1.077.23 do ano anterior.

De acordo com o Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), o Brasil já possui uma frota de 27.551.164 motocicletas, o que é equivalente a uma moto a cada oito habitantes. Atualmente, há cerca de 31 milhões de pessoas que possuem a Carteira Nacional de Habilitação na categoria A, que possibilita pilotar veículos de duas ou três rodas, segundo dados da Abraciclo.

Entre os cidadãos que preferem as motocicletas como meio de transporte, os homens representam 77,3%, enquanto as mulheres somam 22,7%. A faixa etária mais comum entre os motoristas é de 31 a 50 anos, tanto para homens, quanto para mulheres.

Compra de motocicletas

Existem várias maneiras de adquirir uma motocicleta. É possível comprar diretamente em uma concessionária ou em um leilão de motos. Para isso, é preciso fazer um planejamento financeiro para conseguir adequar o valor do veículo à renda mensal.

Segurança

Segundo a Seguradora Líder, responsável pela administração do seguro DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres), quase 3,3 milhões de brasileiros se envolveram em acidentes com motocicletas nos últimos dez anos. Ao menos 2,5 milhões de brasileiros se tornaram permanentemente inválidos e 200 mil morreram em decorrência desses acidentes.

Para que o motociclista se proteja, é importante lembrar que equipamentos de proteção como capacete, jaquetas, calças e sapatos fechados são essenciais para ficar seguro na motocicleta em todos os momentos — usar uma antena anti cerol complementa a proteção ao motorista.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios