Política

ACUSADA, FLORDELIS FAZ HOMENAGEM EM ANIVERSÁRIO DE MORTE DE PASTOR ANDERSON: ‘MEU NEM, MEU AMOR’

O aniversário de um ano e três meses de morte do pastor Anderson do Carmo fez com que Flordelis usasse as redes sociais mais uma vez para homenagear o marido morto, em 16 de junho de 2019, segundo conclusão de inquérito policial, a mando dela própria. Durante muito tempo, mês a mês, a deputada federal utilizou seu perfil no Instagram para falar sobre a falta do companheiro, a quem chamava de Nem.

“Meu Nem, sinto tantas saudades, não consigo me acostumar a viver sem você. Até tento, mas não consigo, fazíamos quase tudo juntos, sinto sua falta ao meu lado, tem sido muito difícil viver sem você. Mesmo o tempo passando, jamais será suficiente para que a dor da sua ausência diminua. Meu Nem, meu amor, você segue vivo dentro de mim. Um ano e três meses longe, parece uma eternidade, mas o que me acalma é a certeza de que mesmo que você não possa voltar, um dia eu vou poder ir até o seu encontro. Sei que preciso continuar e não deixar a felicidade fugir de vez da minha vida, mas as saudades que sinto de você me deixam paralisada. Você foi embora, meu amor, e levou também uma parte de mim. Deus tem sido meu Refúgio, minha Força, meu Socorro, em Deus tenho depositado minha confiança. Vou lembrar de você, todos os dias e em todas as situações que eu viver e você continuará vivo através de mim e da nossa família. Sempre te amarei, Nem! Até um dia!”, escreveu Flordelis.

O post da pastora recebeu mais de 3,5 mil curtidas em poucos minutos, principalmente de seus fã-clubes, e apenas cometários positivos foram permitidos pela equipe que cuida das redes sociais de Flordelis.

Indomodada com poder

De acordo com a conclusão do inquérito que apurou o assassinato do pastor Anderson do Carmo, uma disputa por poder e dinheiro motivou o crime, que aconteceu em junho de 2019, segundo a polícia a mando da também pastora Flordelis dos Santos. O marido teria tomado espaço demais dentro de seu ministério, sua casa e seu gabinete em Brasília.

A deputada federal ganhou fama no início dos anos 2000 ao chamar atenção para sua história. Uma missionária que tinha mais de 40 filhos, a maioria adotivos que ela tirou da violência. Logo, Flordelis se tornou um ícone de perseverança e bondade. Nessa época, Anderson ainda vivia à sombra de sua mulher. Mas nos últimos anos, principalmente durante a campanha de Flordelis à Câmara, a posição se inverteu.

Comentários no Facebook

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios