Política

AGU recorrerá da decisão da Justiça para manter presidente da Fundação Palmares no cargo

Nesta quarta-feira, nomeação de Sérgio Camargo foi suspensa por um juiz do Ceara

A Advocacia-Geral da União vai recorrer da decisão da Justiça que suspendeu, nesta quarta-feira, a nomeação do jornalista e militante de direita Sérgio Camargo para a Fundação Cultural Palmares, órgão responsável pela promoção da cultura afro-brasileira. Em nota, a AGU informou que que ainda não foi notificada, mas já estuda recursos para manter Sergio Camargo, que, entre outras afirmações, disse que no Brasil não existe “racismo real”, que a escravidão foi “benéfica para os descendentes” e que o movimento negro precisa ser “extinto”.

Veja também: Prisão injusta de funcionário por 251 dias constrange Huawei na China

“A Advocacia-Geral da União informa que ainda não foi intimada da decisão que suspendeu a nomeação do sr. Sérgio Camargo para o cargo de presidente da Fundação Zumbi dos Palmares. Contudo, a instituição já estuda o recurso cabível que irá apresentar com vistas à manutenção do ato”, informou a nota.

A nomeação do militante de direita para o cargo de presidente da Fundação Palmares foi publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de novembro. Nesta quarta-feira, o juiz Emanuel José Matias Guerra, da 18ª Vara Federal do Ceará que acatou o pedido de um ação popular e determinou a supensão do ato que nomeou Sérgio Camargo. O autor da ação é o advogado Helio de Sousa Costa.

Entidades do movimento negro e a oposição reagiram à nomeação de Sérgio Camargo após O GLOBO revelar as posições do militante de direita sobre questões raciais . Atuante nas redes sociais, ele defendeu o fim do feriado da Consciência Negra por meio de decreto, criticou manifestações culturais ligadas à população negra e atacou diversas personalidades negras, como o sambista Martinho da Vila, o casal de atores Taís Araújo e Lázaro Ramos, e ex-vereadora Marielle Franco.

Veja também: Negar popularidade de Sergio Moro é alienação de esquerda

Nesta quinta-feira, está marcado para 11h um novo ato em frente à Fundação Palmares. Na semana passada, um protesto reuniu representantes de 40 entidades pedindo a saída de Sérgio Camargo da presidência do órgão.

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios