BrasilPolíticaRio de Janeiro

Alerj decreta luto de três dias após morte de deputado por covid-19

Gil Vianna tinha 54 anos e estava internado há oito dias

O deputado estadual fluminense Gil Vianna (PSL) morreu por complicações decorrentes de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Ele tinha 54 anos e estava internado há oito dias em um hospital particular de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense.

A Assembleia Legislativa do estado do Rio (Alerj) decretou luto, com a suspensão das atividades parlamentares por três dias.

De acordo com a Alerj, Vianna estava em seu primeiro mandato como deputado estadual, tendo sido eleito em 2018 com 28.636 votos. Policial militar reformado, iniciou carreira política há 12 anos, como vereador em Campos.

Em todo o estado do Rio de Janeiro, já foram confirmadas mortes de 3.079 pessoas. Ontem, a Alerj havia decidido não autorizar um lockdown (bloqueio total) das atividades não essenciais no estado, com 55 votos dos 70 deputados.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios