Política

Alesp suspende deputados do PSL Douglas Garcia e Gil Diniz

Douglas Garcia e Gil Diniz serão afastados de suas atividades por 12 meses. Segundo o PSL, foi constatado o descumprimento do estatuto do partido

A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) suspendeu os deputados bolsonaristas, Douglas Garcia e Gil Diniz, por 12 meses. A decisão foi publicada no Diário Ofical desta terça-feira (30). Os dois são investigados pelo STF (Superior Tribula Federal) no inquérito das Fake News.

Durante este período, os parlamentares ficarão afastados de qualquer função na liderança ou vice-liderança do partido e impedidos de orientar a bancada, representar a agremiação e de participar da escolha do líder.

Os deputados também não poderão participar das Comissões Permanentes e Temporárias da Assembleia Legislativa, bem como do Conselho de Defesa das Prerrogativas Parlamentares.

O Conselho de Ética do Diretório Nacional do PSL, já havia supenso os parlamentares após constatar o descumprimento do estatuto do partido, ao qual todos os filiados são submetidos, pelo descumprimento de fidelidade partidária e que só admite apoio a criação de um novo partido àqueles não filiados a partidos políticos.

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios