DestaqueJustiça

Alexandre Moraes proíbe chefe do movimento ‘Tomataço’ de se aproximar de ministros do STF

Alexandre de Moraes proibiu o autônomo Ricardo Rocchi, um manifestante do movimento “Tomataço”, de chegar a menos de 200 metros de qualquer ministro da corte.

A decisão foi tomada no âmbito do inquérito sigiloso das fake news, aberto a fórceps por Dias Toffoli.

Rocchi afirmou que, em abril, a Polícia Federal apreendeu seu notebook e seu celular, em operação dessa investigação.

Desde 2017, o manifestante já tentou atirar tomates em Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, durante eventos públicos.

“Esse inquérito é ilegal. Meu protesto sempre foi pacífico. Cozinhamos o tomate para não machucar ninguém. É justo, sim, jogar tomate nos ministros do STF, que ficam soltando todo mundo, e querem revogar a prisão em segunda instância”, disse.

Via
Coluna de Guilherme Amado na Revista Época.
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios