Polícia

Alfândega descobre contêiner com meia tonelada de cocaína em SP

Carregamento seguiria para a Bélgica, na Europa, e foi interceptado durante fiscalização aduaneira no Porto de Santos, no litoral paulista. Polícia Federal investiga o caso.

Pelo menos 581 kg de cocaína foram localizados pela Receita Federal em um contêiner no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, nesta segunda-feira (26). O carregamento tinha como destino o porto de Antuérpia, na Bélgica. Ninguém foi preso.

A droga foi encontrada durante fiscalização aduaneira, que identificou objetos suspeitos em um contêiner submetido a escaneamento. A caixa metálica estava em um terminal da margem esquerda, em Guarujá, e também foi examinada por cães farejadores.

Carregamento de cocaína foi localizado em contêiner no Porto de Santos, SP — Foto: Divulgação/Receita Federal

Carregamento de cocaína foi localizado em contêiner no Porto de Santos, SP — Foto: Divulgação/Receita Federal

Em meio à carga declarada de polipropileno, utilizado para fabricação de embalagens, os agentes aduaneiros localizaram 23 sacos de ráfia contendo tabletes da droga. Eles foram posicionados de modo a se camuflarem no carregamento lícito.

A suspeita do fisco é que os narcotraficantes tenham tentado despistar a fiscalização escondendo a cocaína em um contêiner corretamente declarado, mas sem o consentimento do dono da carga despachada. A técnica é conhecida como “Rip-Off modality”.

Cães farejadores ajudaram na localização de cocaína em contêiner no Porto de Santos, SP — Foto: Divulgação/Receita Federal

Cães farejadores ajudaram na localização de cocaína em contêiner no Porto de Santos, SP — Foto: Divulgação/Receita Federal

A Polícia Federal foi acionada e iniciou as investigações para tentar identificar os responsáveis pela ação ilegal. Em 2019, as autoridades contabilizam a apreensão de mais de 16 toneladas de cocaína durante ações no Porto de Santos, o principal do país.

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios