Mundo

ANTES DE AFUNDAR EM RIO, JOVEM PEDIU SOCORRO A ‘SIRI’ E ACABOU RESGATADO

Ao cair com carro dentro de rio, Gael Salcedo acionou por voz sua assistente virtual que ligou para serviço de emergência nos Estados Unidos

Depois de  sofrer um acidente de carro, um homem foi resgatado nos Estados Unidos graças à ajuda de uma assistente virtual.

Veja mais: Presença de elefantas em santuário provoca equilíbrio da flora e fauna em MT, diz Sema

Gael Salcedo, de 18 anos, seguia para a faculdade no estado de Iowa quando perdeu o controle de seu jipe ao se chocar com um pedaço de gelo e caiu no congelante Rio Winnebago. Sua reação foi gritar “Siri, ligue para o 911 [telefone do serviço de emergência nos EUA]”.

Primeiro, o jovem abriu as janelas do carro para escapar se o carro começasse a afundar, de acordo com reportagem da CNN.

Veja mais:  Bolsonaro remove lesões da face e da orelha, diz Planalto; material retirado vai para laboratório

Logo depois, ele começou a procurar seu telefone; sem sucesso. Então, decidiu recorrer à assistente da Apple para chamar o serviço de emergência.

“Foi aterrorizante e eu pensei que ia morrer, mas, graças a Deus, nada aconteceu”, disse ao jornal inglês The Sun .

Estudante Gael Salcedo, de 18 anos, contou que não sentia suas pernas durante o resgate Foto: Reprodução
Estudante Gael Salcedo, de 18 anos, contou que não sentia suas pernas durante o resgate Foto: Reprodução

Os bombeiros chegaram rapidamente ao local e precisaram resgatar Salcedo pelo lado do passageiro.

“Minhas mãos estavam congelando. Não conseguia mais sentir minhas pernas. Estava lutando muito, e a água estava bem forte”, relatou Salcedo à CNN. “Usei toda a minha força para sair da água.”

Com o auxílio da equipe de socorristas, o jovem conseguiu escapar e seguiu de ambulância para fazer exames. Salcedo foi liberado poucas horas depois.

Seu carro permaneceu no local.

FONTE: REVISTA ÉPOCA 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios