Economia

Ao vivo: Guedes volta a discutir reforma da Previdência na Câmara

BRASÍLIA – O Ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados para discutir a reforma da Previdência . A pressão para que o texto seja votado antes do recesso de julho é grande. O relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), trabalha para apresentar o relatório até quinta-feira na comissão especial da Câmara que analisa a matéria.

Moreira está tentando antecipar o parecer a pedido do presidente da Casa, Rodrigo Maia, a fim de votar a proposta da comissão ainda em junho. A maior dúvida até agora é se o relatório vai incluir os servidores estaduais na reforma da Previdência. Uma das opções em estudo é que apenas os estados mais endividados e com maior proporção de idosos entrem na reforma .

O relator tem sofrido pressões também do lobby do funcionalismo e é possível que seja incluída no seu relatório uma regra de transição mais suave para os servidores que ingressaram no serviço público antes de 2003 .

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios