Entretenimento

Após deixar Brasil por medo de violência, Piovani é roubada em Portugal

A atriz contou que foi roubada durante passeio em Lisboa

Nesta segunda-feira (13), a atriz Luana Piovani, que decidiu morar em Portugal por conta da violência no Brasil, contou nas redes sociais que foi vítima de um furto quando passeava no Mercado Municipal de Lisboa.

A famosa contou que teve sua mochila levada após pendurá-la em uma cadeira. “Dei mole, muito mirim, muito amadora. Acostumada a Portugal, um ano aqui, ainda não tinha vindo no mercado da Ribeira desde que me mudei. Deu ruim, me roubaram”, disse ela.

A atriz também falou sobre os pertences que estavam na mochila e disse que já tinha tomado providências. “Já cancelei o cartão, perdi meu vestidinho maravilhoso de couro que eu ia sair hoje à noite, mas nós vamos às compras. Foram os anéis, os dedos estão todos aqui”, disparou.

Luana finalizou o desabafo desejando que o responsável pelo furto sofra as consequências. “Só espero que essa pessoa que fez essa ação desprezível apodreça no inferno, aprenda sei lá o quê”, completou.

Via
POR NOTÍCIAS AO MINUTO BRASIL
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios