Entretenimento

Após rápido retorno, Izabella Camargo confirma saída da Globo

Jornalista comentou sobre os últimos meses na emissora

Izabella Camargo abriu o jogo e revelou que não faz mais parte da equipe de jornalismo da Globo, após menos de três meses. Ao TV Fama, da RedeTV!, a jornalista garantiu: “Minha história com a empresa acabou”.

Veja também: Procuradoria descobre desembargadora com 57 contas bancárias

A ex-garota do tempo da emissora carioca preferiu não dar maiores detalhes sobre a saída, alegando haver segredo de Justiça, que a impede de se pronunciar a respeito. “Isso ainda está sob segredo de Justiça, mas a história acabou”, comentou.

Izabella, no entanto, confessou que o clima do seu retorno – após decisão judicial – foi muito ruim. “Eu podia me aproximar dos meus colegas, mas a questão é que cada um tem a sua percepção da lei, então, quando você reintegrada não é porque você quer, mas porque a lei determina”, começou ela.

“Foi difícil voltar. Muitas pessoas me questionaram: ‘Como você vai voltar pra um lugar que não te quer?’. Mas não é questão de querer, mas de seguir os protocolos legais”, disse a jornalista

“Eu não tinha escolhas. E quando você é reintegrada a vibe é outra. As pessoas de tratam diferente, é óbvio”, acrescentou a famosa.

Veja também: Moradora de rua é morta em Niterói após pedir R$ 1

Cabe lembrar que Izabella Camargo foi vítima da Síndrome de Burnout, caracterizada por estafa física e mental causada por excesso de trabalho. Ela saiu em licença médica, mas, após retornar, foi demitida pela Globo.

A comunicadora entrou na Justiça pedindo a reintegração e teve causa ganha. Após a vitória, ela retornou à empresa em julho deste ano, mas fora do vídeo.

 

Por: RD1

Via
RD1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios