Justiça

Aras recusa informar a Dias Toffoli nomes dos procuradores que usam o Coaf

Antes mesmo do recuo de Dias Toffoli em acessar os relatórios produzidos pelo Coaf, Augusto Aras recusou informar ao ministro os nomes dos procuradores que acessam os documentos.

Na sexta, Toffoli pediu quantos e quais membros do MPF são cadastrados no sistema do Coaf. Em resposta, Aras informou que a informação poderia ser obtida na própria UIF, novo nome do órgão de controle.

Também esclareceu que cada procurador tem autonomia funcional para colher as informações disponibilizadas, por lei, pela UIF, para instruir as investigações que conduzem.

O MPF não tem controle centralizado sobre esses acessos e, por isso, também não teria por que guardar as informações sobre eles.

  • Fonte Antagonista
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios