Entretenimento

Assessoria de Gugu Liberato denuncia golpe de falso organizador de velório

Apresentador morreu aos 60 anos de idade após acidente doméstico

A assessoria de Gugu Liberato denunciou nesta terça-feira (26) um golpe que um falso organizador de velório do apresentador está tentando dar. A pessoa estaria entrando em contato com famosos para convidá-los para uma suposta cerimônia dizendo que se trata de um pedido da mãe de Gugu, Maria do Céu, de 90 anos.

“Uma pessoa que se chama Júnior está ligando para vários artistas e dizendo que está organizando o velório do Gugu e dizendo que a mãe do Gugu gostaria de falar com esses artistas. Peço a todos a gentileza de informar que não existe ninguém organizando o velório e convidando artistas para falar com a família. A família não tem condição de falar com ninguém”, disse a assessora Esther Rocha.

“Estamos procurando o telefone desta pessoa para quem sabe acionar as autoridades e mostrar que os valores são outros.”

Gugu morreu aos 60 anos, na sexta-feira (22), dois dias após se acidentar em sua casa, em Orlando, nos Estados Unidos. Gugu despencou de uma altura de quatro metros após pisar no chão de drywall do sotão enquanto fazia um reparo em ar-condicionado. Gugu bateu a cabeça contra um móvel durante a queda.

Após o anúncio da morte, os órgãos do apresentador foram retirados em um hospital nos Estados Unidos para serem doados. Eles devem ajudar 50 pacientes que esperam por transplante. O corpo já tem a liberação para ser transferido dos Estados Unidos para o Brasil. O corpo deve chegar em São Paulo na próxima quinta-feira (28). O velório ainda não tem data definida, mas vai ocorrer na Assembleia Legislativa de São Paulo. O enterro será no jazigo da família, no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi.

Via
FONTE: QUEM
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios