Internacional

Ataque com espada na Finlândia deixa 1 morto e 10 feridos

Um estudante armado com uma espada matou uma mulher e feriu outras nove pessoas em um ataque a uma faculdade no leste da Finlândia, nesta terça-feira, em episódio classificado como “chocante” pelo primeiro-ministro.

Veja também: Barragem de rejeito de lavra de ouro rompe em MT; não houve vítimas

O suposto agressor, que tinha cerca de 20 anos, usou “uma arma branca do tipo sabre”, disse o inspetor-chefe Mikko Lyytinen na cidade de Kuopio, onde o ataque ocorreu por volta do meio-dia. O motivo não estava claro.

Um porta-voz da polícia afirmou que o ataque deixou um morto e 10 feridos, incluindo o suspeito. Ele ficou gravemente ferido quando a polícia abriu fogo contra ele na faculdade, localizada em um shopping center, disse Lyytinen.

Veja também: PMs se recusam a participar de reconstituição do caso Ágatha

O suspeito foi pego oito minutos depois que o alarme foi disparado, e os feridos foram levados ao Hospital Universitário de Kuopio.

O médico-chefe do hospital, Antti Hedman, disse à emissora pública finlandesa YLE que as vítimas tinham entre 15 e 50 anos, e mais da metade era do sexo feminino. Duas ficaram gravemente feridas.

“Oito dos pacientes ficaram menos gravemente feridos, principalmente com ferimentos por se defenderem”, disse Hedman.

A polícia não divulgou o nome do suspeito, mas disse que ele é um cidadão finlandês nascido em 1994. Os policiais informaram ainda que encontraram bombas de gasolina não utilizadas quando invadiram seu apartamento à tarde.

O primeiro-ministro da Finlândia, Antti Rinne, condenou o ataque. “O ato de violência no Savo Vocational College em Kuopio é chocante e nós o condenamos totalmente”, disse Rinne no Twitter. “Conversei com os principais policiais e o governo está acompanhando a situação de perto.”

 

Veja também: Filho de Alex Escobar apresentador da Globo, revela briga com o pai e dispara: ‘Monstro’

Via
Reuters
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios