Economia

Bolsa se aproxima dos 107 mil pontos, à espera da votação da reforma da Previdência

No câmbio, dólar recua mais de 1%, negociado a R$ 4,08

O Bolsa brasileira registra fortes ganhos nesta terça-feira, renovando as pontuações máximas intradiárias. O Ibovespa, principal índice da B3, avança 0,87%, aos 106.948 pontos. No câmbio, o dólar comercial registra queda de 1,06%, valendo R$ 4,087. O que explica este comportamento positivo no mercado brasileiro é a expectativa com a votação final da reforma da Previdência no Senado.

Veja também: Acusado de matar a menina Vitória é condenado a 34 anos de prisão

Na leitura dos analistas, o otimismo do mercado tem a ver tanto com a aprovação da mudança no sistema de aposentadorias quanto na possibilidade de o Legislativo debater outros temas econômicos importantes.

A consolidação da Previdência é importante. Com sua aprovação, será virada uma página e, com isso, haverá espaço no Legislativo para que outras pautas importantes, como as reformas tributária e administrativa, sejam debatidas e levadas adiante — destaca Maurício Pedrosa, estrategista da gestora Áfira.

Veja também: Procuradoria suíça apresenta 1ª denúncia relacionada à Lava Jato

A alta do Ibovespa é reflexo da valorização das principais ações listadas no índice, também influenciadas pela expectativa com a votação da reforma. Os papéis ordinários (ON, com direito a voto) e preferenciais (PN, sem direito a voto) da Petrobras registram ganhos de, respectivamente, 1,65% e 1,98%.

O setor bancário, de maior peso no índice, também opera em alta. As ações ON do Banco do Brasil avançam 1,03%, ao passo em que as PNs do Bradesco e do Itaú Unibaco operam com variação positiva de, respectivamente, 1,2% e 1,09%.

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios