GeralPolítica

Bolsonaro comemora aprovação da reforma da Previdência

Pela TV e pelo 'zap', o presidente acompanhou a votação na Câmara

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro comemorou a aprovação em primeiro turno da reforma da Previdência na Câmara nesta noite. Em uma publicação no Twitter, Bolsonaro cumprimentou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia pela aprovação com 379 votos a favor e 131 contra.

No tweet, o presidente disse que o Brasil “está cada vez mais próximo de entrar no caminho do emprego e da prosperidade”.

Já no Instagram, Bolsonaro publicou uma foto junto com o ministro da Economia, Paulo Guedes seguido da legenda: “Grande dia”.

View this post on Instagram

– GRANDE DIA! 👍🇧🇷

A post shared by Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) on

Pela TV e pelo ‘zap’

Com a televisão ligada em seu gabinete no Palácio do Planalto e por meio de mensagens trocadas no WhatsApp, o presidente Jair Bolsonaro acompanhou ao longo do dia os debates no plenário da Câmara e as negociações para a reforma da Previdência. Cerca de 15 minutos antes do início da votação na noite desta quarta-feira, Bolsonaro seguiu para o Palácio da Alvorada, onde segue monitorando voto a voto. A expectativa é que ele faça alguma manifestação após o resultado final da primeira etapa.

De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros , o presidente foi abastecido ao longo do dia com informações repassadas pelos líderes do governo no Congresso, o deputada Joice Hasselmann(PSL-SP), o deputados Major Vitor Hugo (PSL-GO) e o senadorFernando Bezerra (MDB-PE).

Os três ministros com mandatos que se licenciaram para retornar à Câmara e votar com o governo também têm mantido Bolsonaro informado, segundo o porta-voz. Na terça-feira, se afastaram dos seus cargos os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS); da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS), e do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio (PSL-MG). Apesar de ter mandato, o ministro da Cidadania Osmar Terra (DEM-RS) não se afastará, uma vez que seu suplente na Câmara, o deputado Darcísio Perondi (DEM-RS) é considerado voto certo do governo.

Questionado se as conversas com os líderes e os ministros se davam também por WhatsApp, Rêgo Barros confirmou que sim.

– Sim, não vamos negar que o presidente usa muito o WhatsApp com várias autoridades, várias pessoas do seu entorno. Obviamente há modos seguros de se obter informação.

 

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios