Política

Bolsonaro cria Força Nacional Ambiental para ‘proteção e defesa’ da Amazônia

Presidência também anunciou Conselho da Amazônia, que será comandado por Mourão e coordenará ações de ministérios

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira a criação da Força Nacional Ambiental, que terá como objetivo proteger a Floresta Amazônica. De acordo com Bolsonaro, o órgão terá funcionamento semelhante ao da Força Nacional de Segurança Pública, composta por policiais militares e civis e por bombeiros, entre outros profissionais de segurança.

Bolsonaro também anunciou a criação do Conselho da Amazônia, que será comandado pelo vice-presidente Hamilton Mourão e que irá coordenar ações de vários ministérios para a “proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia”. Mourão irá utilizar a estrutura da própria vice-presidência. O anúncio foi feito em redes sociais.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, após uma reunião do Conselho de Governo, Bolsonaro disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, deu “sinal verde” para a criação da força:

— Já falei com o Paulo Guedes, ele deu sinal verde para criá-la — afirmou.

O presidente ainda destacou que não haverá gastos na criação do Conselho da Amazônia:

— Criamos o conselho, sem gastar nada. Quem vai decidir essas questões agora vai ser o general Mourão.

Em sua conta o Twitter, Mourão agradeceu a Bolsonaro pela demonstração de “confiança”. “Agradeço ao presidente @jairbolsonaro a confiança em mim depositada ao incumbir-me da coordenação do Conselho da Amazônia, criado para integrar as ações dos ministérios em prol da proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da região. A Selva nos une e a Amazônia nos pertence!”, escreveu.

Depois, em nota, a Vice-Presidência informou que Mourão está “está tomando as providências para emir, nos próximos dias, as diretrizes adequadas a tão importante tarefa para a Amazônia e o Brasil”. O texto diz que a decisão de Bolsonaro de criar o conselho ” denota a excepcional importância que ele concede à Amazônia, não somente à sua preservação, como ao seu desenvolvimento de forma sustentada, beneficiando, em particular, os brasileiros que lá habitam e ao país”.
https://twitter.com/GeneralMourao/status/1219666297140776961

Já o ministro da Justiça, Sergio Moro, disse, também no Twitter, que a decisão de criar a Força Nacional Ambiental “vem em boa hora” e destacou que a Força Nacional “funciona muito bem”. Moro afirmou que podem fazer parte do efetivo, além de policiais, “fiscais administrativos das agências federais, estaduais e municipais do meio ambiente”.

O meio ambiente foi um dos principais focos de desgaste do primeiro ano de Bolsonaro, principalmente devido ao aumento no desmatamento da Amazônia. Em agosto, o presidente autorizou o emprego das Forças Armadas para realizar uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na floresta. A operação durou dois meses.

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios