DestaquePolítica

Bolsonaro diz acreditar em harmonia dos Poderes após rompimento de Maia com líder do governo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite de terça-feira que acredita na “harmonia, na sensibilidade e no patriotismo” dos membros dos três Poderes para o Brasil atravessar o atual momento, após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), romper com o líder do governo na Casa, Vitor Hugo (PSL-GO).

“Acredito na harmonia, na sensibilidade e no patriotismo dos integrantes dos três Poderes da República para o momento que atravessa nossa nação. Juntos, ao lado da população brasileira e de Deus, alcançaremos nossos objetivos!”, disse Bolsonaro em texto publicado no Twitter.

A publicação ocorreu no final de um dia em que Maia anunciou o rompimento com Vitor Hugo durante reunião do colégio de líderes da Câmara, num momento em que a gestão de Bolsonaro patina em organizar sua base para a votação de medidas importantes, como a reforma da Previdência.

O presidente da Câmara, que já não nutria simpatia pelo líder e não o recebia em seu gabinete, irritou-se com postagem do deputado em rede social de uma charge que insinua que o “diálogo” seria equivalente a um parlamentar com dinheiro, disseram duas fontes.

Bolsonaro também comentou no Twitter sobre as manifestações convocadas para domingo em apoio ao governo. Segundo o presidente, os atos do dia 26 são “uma manifestação espontânea da população, que de forma inédita vem sendo a voz principal para as decisões políticas que o Brasil deve tomar”.

O presidente inicialmente chegou a considerar comparecer ao ato, que foi chamado por apoiadores para se contrapor às manifestações do último dia 15 contra bloqueio nos recursos para a Educação, no que acabou se tornando um ato contra o governo, mas acabou decidindo não participar e orientou seus ministros a também não comparecerem.

Via
Reuters
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios