Política

Bolsonaro diz que perdeu parcialmente a memória após queda em banheiro

Presidente sofreu acidente doméstico na noite de segunda-feira, e já está recuperado, no Palácio da Alvorada

BRASÍLIA – O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira que chegou a perder a memória parcialmente após cair no banheiro do Palácio da Alvorada na noite da segunda-feira. Em entrevista a um programa de TV, ele afirmou que, na manhã desta terça-feira, ele não conseguia se lembrar do que havia feito no dia anterior. Ainda segundo o presidente, ele está bem e está voltando ao normal.

O acidente envolvendo Bolsonaro pegou sua equipe de surpresa. Após a queda, ele foi levado às pressas ao Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília. Lá, ele passou por exames de tomografia que não detectaram nenhuma anormalidade. Mesmo assim, ele ficou em observação até a manhã desta terça-feira, quando recebeu alta.

– É aquela história, depois que vai ficando velho, [a gente] volta a ser criança. Eu dei uma escorregada, realmente. Foi meio feio o negócio. Perdi a memória, mas, graças a Deus, está tudo em paz. – disse Bolsonaro.

O presidente explicou que a perda de memória foi apenas temporária.

– Eu perdi a memória parcial. No dia seguinte [ao acidente], hoje de manhã, precisei recuperar muita coisa, mas agora eu estou bem. Eu não sabia, por exemplo, o que tinha feito no dia de ontem. Eu caí de costas, escorreguei pra frente, mas caí de costas. Foi uma pancada muito forte – afirmou Bolsonaro.

No Palácio da Alvorada desde a manhã desta terça-feira, Bolsonaro manteve a agenda de encontros, apesar da recomendação dos médicos para se manter em repouso. Ele recebeu, entre outros, o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

Via
FONTE: O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios