Economia

Caixa corta juros do cheque especial para 2,9% ao mês

Taxas do parcelamento do cartão também foram reduzidas

BRASÍLIA – A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira uma nova rodada de cortes em suas taxas de juros. A cobrança no cheque especial foi reduzida quase à metade, de 4,95% ao mês para 2,9% ao mês. O anúncio foi feito pelo presidente do banco, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, durante live nas redes sociais.

— Antes da gente assumir o governo, o presidente, o ministro Paulo Guedes, meu chefe, tínhamos 14% de taxa de juros ao mês. Reduzimos primeiro para 8%, depois para 4,9% e agora estamos anunciando neste momento uma redução para 2,9%. Uma taxa recorde, no sentido de ser menor. (São) 41% em termo de redução — disse Guimarães.

A instituição financeira também reduziu a taxa de juros cobrada no parcelamento da fatura do cartão de crédito, que passou de 7,7% ao mês para 2,9% ao mês.

Segundo comunicado divulgado pelo banco público, as condições especiais para os dois produtos vão durar por três meses. As novas taxas valem a partir do dia 1º de abril, diz a nota.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios