Política

Câmara aprova PEC de Gleisi que legitima a “política de compadrio”, na calada da Noite

Nesta terça-feira (19), na calada da noite, rapidamente a Câmara aprovou uma PEC de autoria de ninguém menos do que Gleisi Hoffmann (de quando era Senadora), alterando a Constituição para possibilitar o envio de recursos da União, por parte dos parlamentares, para Estados e Municípios através de doações, que aparentemente não passarão pelo Tribunal de Contas.

Veja também: Envolvimento do nome do presidente no caso Marielle ‘é um total disparate’, diz Ministro Moro

Quando o PEC é de interesse dos parlamentares, ela é rápida: vejam a diferença dessa dai para a Previdência, que levou 9 meses na tramitação.

Os recursos da União são todos “carimbados”, com destinação certa. O Governo está conseguindo fazer as coisas porque terminou a roubalheira e o superfaturamento. Mas não tem recursos sobrando.

Mesmo assim, os Parlamentares, que já têm direito às tais “emendas impositivas”, ainda pegam mais uma fatia do orçamento, para fazer políticas de compadrio nas suas bases eleitorais, para, obviamente, se perpetuarem nos mandatos.

Veja também: Cem manifestantes ainda ocupam universidade em Hong Kong

Como eu já escrevi, uma república brasileira é uma “federação às avessas”.

Podre Brasil.

Por: JORNALDACIDADE

Via
JORNALDACIDADE
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios