Notícias

Cantor sertanejo é baleado e conta à mãe que ex é autora dos disparos, diz polícia

Vítima foi socorrida e está internada na UTI do Hospital das Clínicas, em Jataí. Delegado apura o motivo dos disparos.

O cantor sertanejo Agnaldo Moraes, da antiga dupla Moraes e Moracito, foi baleado próximo à casa dos pais dele, na manhã desta terça-feira (7), em Jataí, no sudoeste de Goiás. A vítima foi levada ao Hospital das Clínicas Dr. Serafim de Carvalho, onde está internado na Unidade de Terapia Intensiva.

Veja mais: Exportação de carne de frango brasileira avança 2,8% em 2019

O delegado Agnaldo Coelho, responsável pela investigação, afirmou que uma ex do cantor é suspeita de cometer o crime. O investigador disse que ainda não sabe se a mulher se trata de uma antiga namorada ou esposa. Ela não havia sido encontrada até por volta de 13h30.

“Ele teria dito à mãe dele logo depois de ser baleado [que foi a ex que atirou]. A motivação só saberemos no decorrer das investigações”, disse.

Agnaldo Moraes foi baleado em Jataí — Foto: Reprodução/Facebook

Agnaldo Moraes foi baleado em Jataí — Foto: Reprodução/Facebook

Segundo informações da unidade de saúde, o paciente está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), entubado, estável e sedado. De acordo com o Hospital, o paciente levou um tiro no pescoço, perdeu muito sangue e passou por uma cirurgia.

Veja mais: ‘Sai o kit gay e entra a leitura em família’, diz ministro da Educação

Investigação

Equipes da Polícia Civil estão procurando câmeras de monitoramento que possam ter flagrado o momento que o cantor foi baleado.

Os policiais também devem colher o depoimento de pessoas que ouviram os disparos e estavam na região no momento, já que não foram localizadas testemunhas oculares do crime.

Segundo o delegado responsável pela investigação, o cantor tem passagens na polícia por corrupção de menores e estupro de vulnerável. Ele suspeita que o crime pode ter relação com essas ocorrências.

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo