Notícias

Cedae recebe máquinas para combater poluição na água consumida no Rio

Meta é acabar com geosmina, substância produzida por algas

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu, da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), no Rio de Janeiro, recebeu hoje (19) a última parte do sistema que será usado para aplicação do carvão ativado na água.

A meta é combater a presença de geosmina, substância produzida por algas, que deixou a água que abastece a região metropolitana do Rio com gosto e cheiro de barro, gerando reclamações de consumidores, o que causou aumento significativo da procura da água mineral no comércio.

Segundo informou a Cedae, o maquinário foi feito sob encomenda. O carregamento de carvão também foi entregue neste domingo (19). O sistema já está sendo montado, prevendo-se o início da utilização do carvão durante esta semana, segundo a Cedae.

Via
POR: EBC
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios