DestaquePolítica

Com Moro e Flávio Bolsonaro, Witzel vai a evento da PM e reafirma importância de investigar crime organizado na raiz

Evento em comemoração aos 210 anos da PM teve como foco um documentário que expõe a rotina de risco dos militares. Governador sinalizou ao Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, por várias vezes em seu discurso

RIO — O governador Wilson Witzel esteve ao lado do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e do senador Flávio Bolsonaro (PSL) na noite desta segunda-feira, em mais um evento em comemoração ao aniversário de 210 anos da Polícia Militar do Rio. A festa, o I Simpósio Nacional sobre Vitimização Policial, no Centro de Convenções Sulamérica, na Cidade Nova, teve como tema o risco que PMs correm quando estão em ação. Após a a encenação de uma esquete teatral e de um documentário, “Heróis do Rio de Janeiro”, Moro enfim subiu ao palco, agradeceu a Witzel e Flávio pelo convite, e disse se solidarizar com os militares feridos ou mortos em combate.

 

 Governador Wilson Witzel e o ministro da justiça Sergio Moro, no Lançamento do documentário
Governador Wilson Witzel e o ministro da justiça Sergio Moro, no Lançamento do documentário 

Ele afirmou que seu Ministério fará o que for preciso para tentar auxiliar a PM na segurança pública do Rio.

— Saibam que o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Governo Federal, do presidente Jair Bolsonaro, estão do lado da Polícia Militar do Rio. Seja para evitar que atos desta espécie (baixas e mutilações de policiais) se repitam, e que estes sacrifícios heroicos tornem-se cada vez mais desnecessários. Que o policial não precise se expôr tão amplamente frente esta criminalidade violenta e organizada — concluiu.

WITZEL QUER ATENÇÃO AOS PRESOS: Witzel afirma que pessoas entram como ‘animais’ nos presídios

Em seguida, Witzel subiu ao palco. Mais uma vez, ele voltou a falar sobre a metralhadora de guerra que empunhou no Palácio Guanabara e, por diversas vezes, se referiu a Moro em sua fala. O governador reafirmou mais de uma vez, também, a vontade de que a Polícia Federal atue em parceria com o setor de Polícia Judiciária, reformulado por ele para investigação de lavagem de dinheiro e crimes ligados ao tráfico.

Via
O Globo
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios