Notícias

Corpo de mulher é encontrado em Tabuleiro; quatro veículos foram engolidos na MG-133

Marido da vítima disse que ela não sabia nadar. De acordo com a PMR, outras seis pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais de Ubá, Rio Pomba e Juiz de Fora. A pista está interditada; veja rotas alternativas.

Foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros, no fim da manhã desta quarta-feira (29), o corpo da mulher de 36 anos que despareceu nesta madrugada após o carro em que ela estava ter caído em uma cratera na MG-133, próximo ao município de Tabuleiro.

De acordo com o marido da vítima, Pedro Neto, chovia forte no momento do acidente – o casal seguia de Juiz de Fora para Ubá. Suziane Oliveira Neves foi arrastada pela correnteza e não conseguiu voltar. O marido contou à reportagem que ela não sabia nadar.

O tenente Júlio César Almeida, que participou do resgate, afirmou que o corpo foi achado em uma propriedade privada próxima ao local do acidente. “Com ajuda da aeronave, conseguimos achar o corpo dentro de uma fazenda, sob a vegetação. Foi um momento muito triste, esperávamos encontrá-la com vida”, disse.

Bombeiros Tabuleiro MG-133 — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Bombeiros Tabuleiro MG-133 — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Acidente

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o acidente ocorreu por volta de 2h da manhã. O asfalto que cedeu engoliu um caminhão, uma carreta e dois veículos de passeio. No caminhão estavam três pessoas do sexo masculino; na carreta estava o condutor; no primeiro carro havia somente o motorista; e no último veículo estava a mulher e o marido. Todos caíram na cratera.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a pista abriu cerca de 15 metros em virtude de um alagamento na via. A hipótese trabalhada pelos bombeiros é que um açude próximo ao local tenha se rompido e inundado a pista.

O Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora foi acionado e levou os seis indivíduos do sexo masculino com ferimentos para hospitais em Ubá, Rio Pomba e Juiz de Fora. A PMR informou que ainda não tem mais dados das pessoas envolvidas no acidente.

A entrada para Tabuleiro pela MG-133 está completamente interditada.

G1 entrou em contato com a Papelex, dona do caminhão, que lamentou o ocorrido. A diretora da empresa, Vera Souza, informou que haviam três funcionários no veículo, dois tiveram ferimentos leves e um teve uma contusão no ombro.

“Nós estamos enviando uma equipe para o local para dar suporte aos funcionários e aos familiares. Nunca ocorreu nada parecido com a nossa empresa antes. É uma situação muito triste. Estamos interrompendo nossas entregas para a região da Zona da Mata por enquanto para evitar colocar mais colaboradores em risco por conta da condição das estradas”, explicou a diretora.

A empresa fornece materiais de escritório, papelaria e produtos eletrônicos. Uma equipe foi enviada para verificar junto à PMR a melhor forma de retirar o veículo da cratera.

Rotas alternativas

Uma pessoa está desaparecida após veículo cair em cratera na MG-133 em Tabuleiro — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Uma pessoa está desaparecida após veículo cair em cratera na MG-133 em Tabuleiro — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

A MG-133 é a única rodovia que liga os municípios de Coronel Pacheco a Rio Pomba.

A reportagem entrou em contato com o Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) que informou que a rodovia está interditada entre Tabuleiro e o entroncamento para Piau devido ao rompimento de aterro no km 21.

O DER-MG já sinalizou o trecho e a opção de rota para o deslocamento entre Ubá e Juiz de Fora é seguir pela MG-285 até Piraúba e depois pela MG-353 até Coronel Pacheco.

A orientação da PMR para motoristas que saem de Juiz de Fora com sentido a Visconde do Rio Branco é entrar em Coronel Pacheco, na MG-353; pegar a entrada para Goianá; seguir até Piraúba, na MG-265; e chegar em Rio Pomba.

Via
POR: G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios