Política

Crivella cria gabinete para aumentar segurança dos foliões no carnaval

O prefeito Marcelo Crivella cria gabinete para aumentar segurança dos foliões no carnaval vai criar, neste carnaval um gabinete de operação, que funcionará durante todo o período das festas na Sala de Crise do Centro de Operações Rio de Janeiro (COR). Caberá ao COR, à Riotur e à Secretaria de Eventos coordenar a integração de todos os órgãos municipais ligados ao evento.

De acordo com Crivella, o gabinete será uma espécie de quartel-general (QG) e atuará nos mesmos moldes do Gabinete de Crise que funcionou na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016. O gabinete funcionará em tempo integral nos fins de semana entre 8 de fevereiro e 1º de março e encerrará os trabalhos depois do desfile das campeãs. As operações serão planejadas  durante a semana em reuniões de alinhamento e avaliação do que foi feito e do que pode melhorar.

“O importante é que a ordem e a paz prevaleçam enquanto as pessoas se divertem no carnaval e que os moradores sigam em suas rotinas e necessidades eventuais de deslocamento. Então, esse é um período que precisa de atenção redobrada para garantir alegria com ordem pública a todos, incluindo os turistas, que estão nos prestigiando em alta escala”, disse o prefeito.

O chefe do COR, Alexandre Cardeman, disse que a integração dos órgãos municipais ligados ao carnaval é importante em termos de planejamento e proporcionará agilidade na solução de problemas que apareçam durante os eventos. O Centro de Operações Rio é um espaço de monitoramento e gerenciamento de crises, com foco no trânsito e no clima. Mais de 600 câmeras monitoram a cidade para que os operadores identifiquem problemas e repassem as informações aos órgãos competentes.

Fonte: EBC

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios