Política

Damares Alves passa mal e dá entrada em hospital de Brasília

Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos teve dores abdominais

BRASÍLIA — A ministra da MulherFamília e Direitos Humanos, Damares Alves, passou mal na manhã deste sábado e deu entrada em um hospital de Brasília, onde passou por exames.

De acordo com a assessoria de imprensa da pasta, ela sentiu dores abdominais e se encontra em observação no Hospital Santa Lúcia, que é particular.

 

Ainda segundo o ministério, o estado de saúde de Damares é bom e ela tende a ser liberada até o final do dia. A ministra tem 55 anos. Sua agenda oficial oficial neste sábado aponta que “atualmente não existem compromissos agendados”.

Procurada, a ministra informou que já deixou o hospital. Damares disse que o motivo da internação foi uma crise de enxaqueca. “Tenho crises de enxaquecas constantes e desta vez tive a crise com muito enjoo e fui tomar um remédinho”, escreveu a ministra, por mesagem, acrescentando: “Já estou bem”.

Mais cedo, a ministra usou seu perfil no Twitter para agradecer o titular da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, por uma manifestação pública de defesa.

 

Via
POR O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios