DestaqueJustiça

Dario Messer dizia ser médico para fugir da PF; patrimônio só no Paraguai é avaliado em US$ 100 milhões

Ao todo, Messer tem 11 fazendas no país vizinho, segundo a investigação. MPF pede à Justiça o sequestro dos imóveis. 'Doleiro dos doleiros' foi levado nesta quinta à cadeia de Bangu.

No período em que esteve escondido em São Paulo, o doleiro Dario Messer dizia ser médico: o doutor Marcelo. Messer, considerado o maior doleiro do país e um dos maiores foragidos da Lava Jato, foi preso nesta quarta-feira (31) pela Polícia Federal, em São Paulo.

Com ele, estava uma identidade falsa em nome de Marcelo Batalha, além de dinheiro – e documentos de aberturas de contas no exterior. De acordo com as investigações, o chamado “doleiro dos doleiros” estava há quatro meses em São Paulo.

Partindo de uma pista vinda das autoridades paraguaias, a Lava Jato ficou sabendo que ele estava namorando uma brasileira e ela começou a ser investigada. Os policiais brasileiros descobriram também que ela viajava com frequência para o Paraguai e para cidades brasileiras perto da fronteira.

A Polícia Federal (PF) fez uma lista e elencou todas essas movimentações, como forma de obter o mandado de busca e apreensão na casa dela, onde Messer foi encontrado. Além disso, os investigadores acharam indícios de que namorada, carioca, havia se mudado para a capital paulista.

Tudo isso chamou a atenção. Foi cruzando essas informações que Messer foi encontrado. No momento da prisão, o doleiro estava sozinho em casa. Inicialmente, ele parecia perplexo com a chegada da polícia. A porta estava aberta. Mas, sem saber o que os esperava, os policiais entraram com armas em punho.

No momento da prisão, o doleiro demonstrou uma preocupação: saber quem iria cuidar do cachorro que havia comprado recentemente.

Bens de Dario Messer no Paraguai estão avaliados em US$ 100 milhões. Ao todo, doleiro tem 11 fazendas.  — Foto: Divulgação

Bens de Dario Messer no Paraguai estão avaliados em US$ 100 milhões. Ao todo, doleiro tem 11 fazendas. — Foto: Divulgação

Patrimônio de US$ 100 milhões

Procuradores da Força-tarefa Lava Jato no Rio de Janeiro descobriram que, só no Paraguai, Dario Messer tem um patrimônio da ordem de US$ 100 milhões. O levantamento foi feito por autoridades paraguaias.

Os procuradores agora aguardam a venda desses bens para tentar trazer parte deste dinheiro de volta ao Brasil. O pedido já foi feito à Justiça através de um acordo de cooperação que existe entre Paraguai e Brasil.

Ao todo são 11 fazendas. Uma delas foi visitada pelo Fantástico em 2018. A área da estância é maior que a capital do país, Assunção.

Transferido para Bangu

Dario Messer é transferido para presídio na Zona Norte do Rio

Nesta quinta-feira (1°), o doleiro foi transferido para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio, no fim da tarde desta quinta (1º). Ele passou a noite de quarta-feira (31) na Superintendência da Polícia Federal do Rio após ser preso em São Paulo.

Messer é apontado como “doleiro dos doleiros” pelo Ministério Público Federal na Operação Câmbio Desligo, desdobramento da Lava Jato. Ele estava foragido havia 14 meses, e a defesa dele diz que vai recorrer da decisão.

“Dario Messer já foi acusado em uma outra operação em 2009, de prática de crimes semelhantes, e foi inclusive absolvido em data recente”, afirmou o advogado Átila Machado.

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios