Polícia

Defesa de Eduardo Cunha pede prisão domiciliar a ex-deputado

Motivo seria uma suposta doença do ex-parlamentar, além de que ele estaria sofrendo de "lesão aneurismática cerebral"

A defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (MDB), entrou com um novo pedido de soltura do emedebista da prisão.

Veja também: Perseguição e tiroteio em baile funk em Paraisópolis deixam 9 mortos pisoteados em SP

Segundo o jornal O Globo, os advogados de Cunha querem que a prisão dele, atualmente em Bangu 8, seja revertida para domiciliar.

O motivo seria uma suposta doença do ex-deputado federal, além de que ele estaria sofrendo de “lesão aneurismática cerebral”.

Veja também: Ex-diretor da Globo assume TV Jovem Pan

Em junho deste ano, a Justiça Federal condenou Eduardo Cunha a 24 anos e dez meses de prisão por desvios na Caixa Econômica Federal. Em 2018, ele já havia sido condenado a 14 anos e seis meses de prisão por desvios na Petrobras.

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios