Notícias

Dois navios pedem ajuda ao Brasil para desembarcar passageiros

De acordo com a Anvisa, não há relatos de problemas de saúde que levantem suspeitas para possíveis infectados com novo coronavírus

Dois navios de cruzeiro pediram ajuda humanitária ao Brasil para poderem atracar e fazer a remoção dos seus passageiros para seus países de origem. Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os navios L’Austral e Le Boreal não conseguiram autorização para atracar em outros países, mas o Brasil permitiu que as embarcações atracassem no Pier Mauá, na região central do Rio de Janeiro.

De acordo com o órgão, os dois navios vêm da Antártica e não há relatos de problemas de saúde a bordo que levantassem suspeitas para possíveis infectados com o novo coronavírus (covid-19).

Os passageiros do L’Austral já desembarcaram esta semana e pegaram voos de volta para seus países. A Anvisa afirmou que o navio ficou em alto-mar, sem atracar em nenhum porto, por mais de 20 dias. Segundo a agência, os passageiros ficaram isolados no navio por um período maior que o isolamento recomendado sem que houvesse casos da doença a bordo.

“Para esta remoção, a Anvisa exigiu que os passageiros fossem paramentados com equipamentos de proteção. A medida teve como objetivo proteger os passageiros, tendo em vista que há transmissão comunitária de Covid-19 na cidade do Rio de Janeiro”, diz a nota da agência.

O navio Le Boreal está previsto para atracar nesta quarta-feira (25) no Rio com 324 passageiros. A embarcação está há mais de 10 dias sem ter parado em nenhum outro porto. Segundo a Anvisa, também não há relatos de casos ou suspeitas de infectados pelo coronavírus a bordo.

O desembarque dos passageiros será autorizado a partir de quinta-feira (26) desde que mantidas as condições de saúde a bordo. “O desembarque dos passageiros será autorizado à medida que os voos de retorno para casa estiverem disponíveis. O desembarque acontecerá com o tempo necessário para que os passageiros sejam transportados para o aeroporto e façam os procedimentos de embarque. O transporte acontece de forma direta, da porta do navio até o aeroporto”, informa a Anvisa.

O L’Austral ainda está na costa do Rio somente com sua tripulação. Segundo a agência, após o desembarque de todos os passageiros, os dois navios farão uma parada técnica para o abastecimento de água e alimentos e seguirão juntos de volta para a França, país de origem das embarcações.

Via
R7
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios