GeralInternacional

Donald Trump, não compareceu a uma reunião sobre mudanças climáticas e biodiversidade com os líderes do G7

Na sexta, americano conversou com Bolsonaro por telefone e afirmou estar pronto para ajudar a combater queimadas na Amazônia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não compareceu a uma reunião sobre mudanças climáticas e biodiversidade com os líderes do G7, na manhã desta segunda-feira, em Biarritz, na França. Um membro de seu governo compareceu ao encontro no seu lugar.

As queimadas na Amazônia também foram pauta no encontro entre EUA, França, Reino Unido, Alemanha, Japão, Itália e Canadá, países que formam o G7. Antes do horário previsto para o encontro entre os líderes, porém, Trump teve reunião fechada com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Mais tarde, segundo o jornal inglês “Guardian”, o presidente americano foi perguntado por repórteres presentes no encontro com Merkel se ele tinha participado da reunião sobre clima. Ele respondeu que a reunião começaria em instantes e aparentou não ouvir quando um repórter avisou que o encontro já tinha acontecido.
Neste encontro sobre meio ambiente, ficou acordado uma ajuda emergencial de de 20 milhões de euros (pouco mais de R$ 90 milhões) para conter os focos de incêndio na Floresta Amazônica.

O presidente Jair Bolsonaro questionou as intenções que estariam por trás da ajuda internacional. “O que eles querem lá?”, perguntou na saída do Palácio Alvorada, em Brasília.

Na última sexta-feira, Trump conversou com Bolsonaro por telefone e afirmou estar pronto para ajudar a combater os incêndios na Amazônia. Em meio às ameaças feitas por alguns países europeus de adotarem barreiras comerciais contra o Brasil por causa das queimadas e da política ambiental brasileira, o presidente americano ressaltou que as “perspectivas de comércio são muito animadoras” entre Brasil e EUA.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo