EconomiaMundo

Donos do Walmart estão mais ricos do que nunca em pandemia

A fortuna da família Walton, pioneira das lojas de descontos nos Estados Unidos, deu um salto durante a pandemia que varreu trilhões de dólares dos mercados globais.

O patrimônio líquido combinado dos irmãos Alice, Jim e Rob Walton subiu 2,6% este ano, para US$ 165,7 bilhões, impulsionado por consumidores temerosos de uma recessão que correram às lojas do Walmart para estocar a despensa com produtos básicos.

As ações da varejista acumulavam alta de 6,1% até segunda-feira em comparação com a queda de 18% do índice S&P 500 no período.

O domínio do varejo em larga escala da empresa com sede em Bentonville, Arkansas, fez dos acionistas controladores a família mais rica do mundo. Os Walton possuem cerca de metade das ações do Walmart.

Os ganhos são uma anomalia no cenário atual. A retração econômica causada pela pandemia de coronavírus encolheu a fortuna combinada das 500 pessoas mais ricas do mundo em US$ 805 bilhões, segundo o Índice de Bilionários Bloomberg.

Apenas 82 pessoas do ranking obtiveram ganhos neste ano, lideradas pelo fundador da Amazon.com, Jeff Bezos. As compras on-line ajudaram a aumentar sua fortuna em US$ 7,8 bilhões, para US$ 122,7 bilhões.

Outros incluem Eric Yuan, diretor-presidente da Zoom Video Communications, fabricante do agora onipresente software de teleconferência.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios