Entretenimento

Elton John abandona show na Nova Zelândia por pneumonia

'Eu toquei e cantei com todo meu coração, até que minha voz não aguentou', lamentou o britânico

RIO — Recém-premiado com o Oscar de melhor canção original, o cantor e compositor britânico Elton John precisou encerrar antes do previsto o show que fazia, neste domingo, na Nova Zelândia. O músico de 72 anos foi diagnosticado com uma pneumonia.

A apresentação fazia parte da temporada na Oceania de sua turnê de despedida — ele anunciou em janeiro de 2018 que vai se aposentar dos palcos.

Já na reta final do show, Elton John começou a perder a voz e, segundo o site “NME”, o astro estava visivelmente chorando no palco.

Em sua conta no Instagram, o músico publicou uma foto em que aparece sendo acompanhado ao encerrar o show, e fez um pedido de desculpas ao público de Auckland:

 

 

“Eu quero agradecer a todos que foram ao show desta noite em Auckland. Fui diagnosticado com pneumonia atípica no começo do dia, mas estava determinado a entregar para vocês o melhor show humanamente possível. Eu toquei e cantei com todo meu coração, até que minha voz não conseguiu mais cantar. Estou decepcionado, profundamente chateado, e peço desculpas. Eu dei tudo”.

O próximo show da turnê “Farewell Yellow Brick Road” está marcado para esta terça-feira, no mesmo Mt Smart Stadium, em Auckland. Até o momento, a apresentação está mantida. O britânico fará ainda oito shows na Oceania antes de partir para a América do Norte.

Recentemente, Elton John ganhou uma cinebiogriafia, “Rocketman”, estrelada por Taron Egerton, que venceu o Globo de Ouro de melhor ator de comédia ou musical. No Oscar, o filme teve apenas uma indicação: a de melhor canção original por “I’m gonna love me again”, composta por Elton John e seu velho parceiro Bernie Taupin, e saiu como vencedor.

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios