Política

Em depoimento, Roberto Jefferson diz que defende Bolsonaro ‘espontaneamente’ e nega pagamento por postagens

Um dos alvos do inquérito das “fake news”, o presidente do PTB e ex-deputado federal Roberto Jefferson disse em depoimento à Polícia Federal que não recebe dinheiro para fazer publicações nas redes sociaise que defende Bolsonaro de forma espontânea.

Na oitiva, o ex-parlamentar afirma que “não faz parte de nenhum grupo ou movimento online, limitando-se a defender o presidente Jair Bolsonaro, de quem é amigo, espontaneamente”. Ela afirmou também que não recebe orientações sobre o que publicar e que suas manifestações são “fruto de leitura que faz de notícias do dia”.

O ex-deputado negou conhecer os demais investigados e afirmou que sabe quem é o blogueiro Allan dos Santos e a ativista Sara Winter pela atuação de ambos nas redes sociais. Roberto Jefferson também negou publicar conteúdos pagos com “dinheiro público ou privado” e disse que “jamais impulsionou publicações nas redes sociais através de ‘robôs’ ou outros meios”.

O ex-deputado afirmou que tem uma conta no Twitter para “manifestações políticas” e outra no Instagram “para uso familiar”.

Roberto Jefferson prestou depoimento nesta terça-feira (2) em sua casa, na cidade de Comendador Levy Gasparian (RJ), a pedido de sua defesa, devido a uma cirurgia recente.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios