BrasilSão PauloSaúde

Em SP, cidades com população envelhecida se preparam para conter o novo coronavírus

Em Santos, idosos que tenham contato com coronavírus receberão pulseira e botão de emergência durante isolamento

SÃO PAULO — A pandemia do novo coronavírus é particularmente preocupante para os mais velhos. Pesquisas realizadas desde o início do surto indicam que a Covid-19 pode chegar a uma taxa de letalidade de quase 15% entre aqueles com mais de 80 anos. Com isso em mente, cidades de São Paulo com grande percentual de idosos começam a se preparar para atender aos que contraírem a doença.

Santos, por exemplo, que tem mais de 20% de sua população acima dos 60 anos, ampliará um programa que permite que idosos, em casos de emergência, peçam ajuda a uma empresa que alerta a prefeitura sobre a necessidade de acionar uma ambulância.

Segundo o secretário de Saúde de Santos, Fábio Ferraz, o programa foi ampliado para todos os idosos que estiveram expostos ao coronavírus. Todos receberão uma pulseira e um botão de emergência nos casos em que há recomendação de isolamento.

— Nessa mesma leitura, disponibilizaremos um oxímetro que faz a testagem no dedo para monitorar a densidade respiratória desse paciente — afirma Ferraz.

Na Região Metropolitana de São Paulo, São Caetano do Sul também possui alto índice de envelhecimento. O valor é calculado pelo IBGE com base na divisão entre o número de idosos divididos pelo número de jovens (de 0 a 14 anos). A cidade, que em 2015 tinha mais de 33 mil idosos e 25 mil jovens, também tem tomado providências. Desde segunda-feira, fechou os centros de saúde e educação para a terceira idade.

Segundo Lucila Lorenzini, coordenadora do Comitê Municipal da Terceira Idade (Comtid), o desafio da prefeitura é oferecer alternativas para manter os idosos ativos e, ao mesmo tempo, mantê-los em casa, convencendo-os a sair apenas quando extremamente necessário.

Lorenzini conta que as pessoas idosas costumam se apegar a uma rotina específica que terá que ser alterada por conta do combate ao coronavírus:

— Como o idoso tem uma bagagem, uma experiência, ele tende a acreditar mais na própria opinião do que na ciência. É normal que ele tenha, então, uma certa teimosia. A gente percebe essa dificuldade de orientá-los e fazer com que entendam a dimensão da doença.

Na sexta-feira, a Guarda Civil Metropolitana foi autorizada a abordar idosos na rua, orientando-os sobre os perigos da Covid-19. A cidade, até quinta-feira, tinha 10 casos confirmados da doença.

Outro desafio das cidades com muitos idosos é garantir a estrutura hospitalar necessária para atender o número de infectados, que deverá crescer nas próximas semanas.

— A recomendação é ter 2,4 leitos de UTI para cada 10 mil pessoas em uma situação de epidemia. Somando a rede privada, a gente supera esse número. Mas, em leitos SUS, estamos em 1,1. Já pedimos a habilitação de 90 leitos para a região da Baixada Santista — afirma o secretário da Saúde de Santos.

De acordo com Ferraz, no entanto, a aquisição mais importante para a região nos próximos dias é mesmo a de respiradores.

— Nós esperamos um pico aproximadamente na segunda quinzena de abril. Além disso, aqui na cidade, temos a questão de que muitos moradores da Baixada Santista buscam hospitais em Santos. Com isso, nossa demanda se multiplica e passa para 1,9 milhão de habitantes da Baixada — afirmou.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios