Internacional

Embaixada dos Estados Unidos reafirma apoio ao Brasil na OCDE

Pela manhã, o secretário de Estado norte-americano rejeitou um pedido para discutir o aumento de integrantes na organização

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou nota oficial nesta quinta-feira (10) para reafirmar o apoio do país ao ingresso do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico).

Veja também: Justiça determina bloqueio de R$ 17,7 milhões de Vaccarezza

“A declaração conjunta de 19 de março do presidente [Donald] Trump e do presidente [Jair] Bolsonaro afirmou claramente o apoio ao Brasil para iniciar o processo para se tornar um membro pleno da OCDE e saudou os esforços contínuos do Brasil em relação às reformas econômicas, melhores práticas e conformidade com as normas da OCDE. Continuamos mantendo essa declaração”, diz a nota.

Mais cedo, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, rejeitou um pedido para discutir o aumento de integrantes na OCDE, grupo que reúne 36 países, a maioria da Europa e América do Norte. De acordo com a agência, a informação constava em uma carta enviada por Pompeo ao secretário-geral da OCDE, Angel Gurria. No documento, os EUA confirmam apoio formal à entrada da Argentina e da Romênia no grupo.

A Embaixada dos EUA diz ainda na nota que o governo do país apoia a expansão da OCDE, mas em “ritmo controlado”, e defende uma pressão maior por reformas nos países que desejam integrar o grupo.

“Apoiamos a expansão da OCDE a um ritmo controlado que leve em conta a necessidade de pressionar as reformas de governança e o planejamento de sucessão”. A nota ainda acrescenta que todo o processo de nova adesões, incluindo calendário e ordem dos convites, deve ser construído por meio de consenso.

Veja também: A pedido de Bolsonaro, governo vai dobrar limite para compras em free shops

“Continuaremos a trabalhar com outros membros da OCDE para encontrar um caminho para a expansão da instituição. Todos os 36 países membros da OCDE devem concordar, por consenso, com o calendário e a ordem dos convites para iniciar o processo de adesão à OCDE”.

Onyx

Em São Paulo, onde cumpriu agenda nesta quinta-feira (10), o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, minimizou a decisão, por parte do governo dos EUA, de limitar a ampliação da OCDE, no momento. Para ele, o mais importante é que o Brasil consiga internalizar reformas econômicas e administrativas para se adequar aos padrões exigidos pela OCDE.

“O país, por determinação do presidente Jair Bolsonaro, e toda a equipe ministerial, está determinada a cumprir todas aquelas exigências que os países membros da OCDE têm que praticar na sua relação com a sociedade, nas relações com o mundo econômico, nas relações internacionais”, disse o ministro. “O padrão de convivência, o padrão de prestação de serviço e o padrão de regulação do país têm que estar dentro de um standard e nós vamos trabalhar para colocar o Brasil dentro do standard”, acrescentou.

OCDE

Criada em 1961 e com sede em Paris, a OCDE é uma organização internacional formada por 36 países, incluindo algumas das principais economias desenvolvidas do mundo, como Estados Unidos, Japão e países da União Europeia. É vista como um “clube dos ricos”, mas também tem entre seus membros economias emergentes latino-americanas, como México, Chile e Colômbia.

Via
R7
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios