Notícias

Empresária é condenada a 13 anos e 6 meses por matar marido em SP

Segundo advogado, ele a ameaçava de morte. Os dois entraram em luta corporal, quando ocorreu um disparo, que atingiu o homem na nuca

A empresária Andressa Ramos de Araújo Francisco, acusada de matar o marido Sérgio Francisco, em 2013, foi condenada a 13 anos e seis meses de prisão, por homicídio duplamente qualificado e fraude processual. O caso aconteceu no Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo.

De acordo com o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), o julgamento, presidido pela juíza Liza Livingston, começou às 14h no Fórum Criminal na Barra Funda, na zona oeste de São Paulo.

O crime aconteceu na casa do casal, na rua Antônio Delgado da Veiga, 132, no Parque do Carmo, zona leste de São Paulo, dia 24 de janeiro de 2013.

Na época, o advogado Davi Gebara Neto da acusada contou à Polícia Civil que Andressa foi acordada pelo marido quando ele chegava em casa. Ele estaria embriagado e teria começado a agredi-la com socos e pontapés.

Além disso, ele a ameaçava de morte, apontando-lhe uma arma. Em seguida, os dois entraram em luta corporal, quando ocorreu um disparo, que atingiu Sérgio.

Segundo o advogado de defesa, Andressa limpou o local e saiu de casa. Horas depois, a equipe de perícia foi até a residência, onde encontraram o corpo do homem com um ferimento na cabeça e enrolado em um cobertor.

Segundo relatos dos vizinhos, o relacionamento do casal era conturbado, sendo comuns as discussões entre eles.

Via
R7
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios