Notícias

Empresário brasileiro e filho morrem soterrados em fossa em Portugal

Rui Duarte Cordeiro, de 50 anos, e o filho dele Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, morreram. Eles eram donos da Palmito da Fazenda.

O empresário brasileiro Rui Duarte Cordeiro, de 50 anos, e o filho dele, Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, morreram após caírem em uma fossa de exploração de suinicultura em Portugal. O outro filho do empresário, Rafael Cordeiro, permanece internado em estado grave em um hospital português. Além de pai e filho, um funcionário da propriedade também morreu na fossa.

Veja mais: Ataque em Londres deixa pessoas esfaqueadas, diz polícia

A família é de Registro, no interior de São Paulo, e parte dela vive em Portugal. Por meio das redes sociais, a empresa Palmito da Fazenda, localizada em Registro, divulgou o falecimento do dono e do filho. A loja estará fechada por motivo de luto, informou o comunicado.

De acordo com informações apuradas pelo G1 e divulgadas pela imprensa local, o acidente ocorreu na tarde deste sábado (1), na fazenda chamada Herdade da Galega, localizada na vila Chamusca, no Distrito de Santarém. A família possuía um alojamento rural e explorava a suinicultura na área.

Segundo a imprensa local, um funcionário da fazenda realizava a limpeza na fossa de dejetos quando caiu no local. Rui e os dois filhos, Gonçalo e Rafael, foram tentar ajudar o funcionário e também caíram. A filha do empregado também tentou resgatar o pai e ficou ferida.

Herdade da Galega, onde ocorreu o acidente, em Portugal — Foto: Cofina Jornal

Herdade da Galega, onde ocorreu o acidente, em Portugal — Foto: Cofina Jornal

Equipes do Corpo de Bombeiros foram até o local e conseguiram resgatar Rafael, que foi levado ao Hospital de Santarém. A filha do funcionário também foi retirada com vida e transportada para o Hospital de Abrantes com ferimentos graves. Gonçalo, Rui e o funcionário Bruno morreram dentro da fossa.

De acordo com a imprensa local, a fossa de suinicultura tinha cerca de 6 metros de profundidade. As vítimas morreram soterradas.

Veja mais:Sá & Guarabyra vão entrar na Justiça contra versão de ‘Dona’ com letra em apoio a Regina Duarte

Gonçalo vivia em Registro, no interior de São Paulo, e passava as férias na casa da família em Portugal, onde o pai morava. Gonçalo era solteiro e deixa dois filhos. O velório e o enterro de pai e filho acontecerão em Portugal.

Fossa onde ocorreu o acidente em Portugal — Foto: Confina Jornal

Fossa onde ocorreu o acidente em Portugal — Foto: Confina Jornal

Palmito da fazenda

Gonçalo comandava a ‘Palmito da Fazenda’, uma empresa do Grupo Poçágua, a qual possui mais de 10 anos de experiência no ramo de poços artesianos, estabelecida dentro da Fazenda Barra do Capinzal. No local, há a criação de bubalinos e cultivo do palmito pupunha.

Gonçalo inovou ao trazer para a região do Vale do Ribeira o cultivo de palmito de forma orgânica, com quase 100% de aproveitamento e a criação de bubalinos de forma natural.

Os produtos derivados do palmito e da criação de búfalo são vendidos na loja Palmito da Fazenda, situada às margens da rodovia Régis Bittencourt (BR 116), no km 456, no bairro Capinzal. Em 2018, Gonçalo também inaugurou a Hamburgueria Palmito da Fazenda, em Registro, que oferece lanches feitos com carne de búfala, além de pratos tradicionais da culinária portuguesa.

Loja Palmito da Fazenda, em Registro — Foto: Divulgação

Loja Palmito da Fazenda, em Registro — Foto: Divulgação

Veja mais:Show no intervalo do Super Bowl vai custar US$ 1 milhão por minuto e terá Shakira e Jennifer Lopez

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios