Mundo

EUA anunciam retirada de 12 mil soldados da Alemanha

Quase metade das tropas, no entanto, continuará na Europa

As Forças Armadas dos Estados Unidos (EUA) divulgaram nessa quarta-feira (29) planos para retirar cerca de 12 mil soldados da Alemanha, em consequência da longa disputa do presidente Donald Trump com o país europeu. Quase metade das tropas, no entanto, continuará na Europa devido às tensões com a Rússia.

Trump anunciou, no mês passado, a intenção de cortar em cerca de um terço o contingente de 36 mil soldados norte-americanos na Alemanha, acusando o país aliado de não cumprir a meta de gastos em defesa da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e de tirar vantagem dos Estados Unidos no comércio.

“Não queremos mais ser os otários”, disse Trump a repórteres na Casa Branca, ao comentar a decisão. “Estamos reduzindo as forças porque eles não estão pagando suas contas, é muito simples.”

O secretário de Defesa norte-americano, Mark Esper, não retratou a retirada de tropas nos mesmos termos, e disse que o plano será efetuado de forma a não atrapalhar a Otan e seus esforços para deter avanços russos, após a anexação da Crimeia por Moscou em 2014.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios