Mundo

EUA e China estão próximos de chegar a acordo sobre pacto comercial

O secretário de Comércio dos Estados Unidos (EUA), Wilbur Ross, deu indicações de que o país poderá, em breve, chegar a um acordo final sobre um pacto comercial inicial com a China.

Ele disse à FOX TV na sexta-feira (15) que os dois países estão, no momento, discutindo os últimos detalhes sobre a primeira fase do pacto comercial. Ele indicou também que os dois lados vão realizar, em breve, conversações em nível ministerial por telefone para discutir os pormenores.

Um funcionário de alto escalão da Casa Branca deu também indicações de que os dois países estão quase chegando a um acordo.

Os comentários positivos fizeram com que os preços das ações chegassem a um valor recorde na sexta-feira na Bolsa de Valores de Nova York. O índice industrial Dow Jones ultrapassou, pela primeira vez, a marca de 28 mil.

O presidente dos EUA, Donald Trump, havia dito na terça-feira que ele e o presidente da China, Xi Jinping, poderiam assinar em breve um acordo inicial sobre o pacto. Contudo, há ainda divergências entre os dois países em relação à aquisição, pela China, de produtos agrícolas dos Estados Unidos, e à retirada parcial de tarifas sobre produtos chineses por parte de Washington.

O governo americano diz que, a menos que haja progresso, o país irá impor uma tarifa adicional sobre smartphones fabricados na China a partir de 15 de dezembro.

  • Fonte EBC
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios