EntretenimentoTecnologia

Facebook testa esconder número de curtidas na Austrália

Iniciativa já tinha começado no Instagram, em julho, em 7 países, incluindo o Brasil. Intuito é reduzir a pressão por engajamento nas postagens.

O Facebook começou a ocultar o número de curtidas a postagens para usuários na Austrália nesta sexta-feira (27). A iniciativa vale para reações em posts e vídeos.

A iniciativa é parte de um projeto do Facebook para reduzir pressão e ansiedade entre os usuários das redes sociais. Em julho deste ano a empresa anunciou que faria isso em outra plataforma, o Instagram.

Esses testes foram anunciados no fim de abril, na conferência de desenvolvedores do Facebook, a F8. Na época a empresa disse queria deixar a plataforma com “menos pressão” sobre seus usuários.

É uma mudança grande, já que o Facebook ficou conhecido pelo botão de curtir e por como esse tipo de interação significa algum tipo de apoio em ambientes online. Em 2016, a empresa apresentou outras 5 interações, além do curtir.

O número de curtidas em um posts do Instagram está oculto no Brasil, Itália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia, Austrália e Japão.

Facebook e outras redes sociais geraram preocupação nos últimos anos por aumentar a ansiedade entre usuários por causa das interações on-line.

Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto Pew Research Center no ano passado, 43% dos adolescentes nos Estados Unidos se sentem pressionados a publicar conteúdo que vai mostrá-los de forma positiva e 37% deles sentem necessidade de compartilhar posts que vão gerar muitas curtidas e comentários.

 

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios