Cidades

Família morre em casa após acender churrasqueira para se proteger do frio em SP

Três pessoas da mesma família – uma criança de 2 anos e seus pais – foram encontradas mortas dentro de casa na noite desta terça-feira, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Segundo informações do 7º Distrito Policial do município, onde o caso foi registrado, os indícios achados na residência apontam que o casal acendeu uma churrasqueira para se proteger do frio que atinge a região.

No entanto, por terem inalado o gás monóxido de carbono, que é inodoro e incolor, num ambiente fechado, tudo indica que os três morreram por asfixia.

Consta no boletim de ocorrência que os três estavam no quarto da residência, localizada na Rua Piau, no bairro Bonsucesso, ao lado de uma churrasqueira de alumínio com restos de carvão. Os corpos foram enviados ao Instituto Médico Legal, que vai investigar a causa das mortes.

Pai e filho foram identificados como Uildes Lima Moreira, de 27 anos, e Brenno Pinheiro Moreira, de 2 anos. O nome da mãe ainda não foi divulgado pela polícia. Segundo parentes, ela se chama Nara Pinheiro.

— Só Deus agora para confortar a gente — lamentou uma parente de Uildes.

7º Distrito Policial em Guarulhos, na Grande São Paulo
7º Distrito Policial em Guarulhos, na Grande São Paulo Foto: Reprodução / Google Maps

O Samu chegou a ser acionado para socorrê-los, por volta das 23h40 desta terça-feira, mas a equipe já os encontrou mortos. A Polícia Militar isolou o local para realização da perícia do instituto de criminalística. O caso foi registrado como morte suspeita pelo 7º DP, que apura as circunstâncias do fato.

De acordo com o Instituto Climatempo, as temperaturas tendem a subir ao longo desta semana no estado de São Paulo, após a passagem de uma intensa onda de frio. Apesar disso, as noites e madrugadas devem continuar com temperaturas baixas.

Via
G1
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios