Lava Jato

‘Foi um tropeção’, diz Antonio Bernardo sobre envolvimento de sua joalheria na Lava Jato

Há 50 anos que Antonio Bernardo criou a primeira joia: um anel duplo, levemente sinuoso, rascunhado no balcão da loja de ferramentas para ourives e relojoeiros que seu pai comandava no Centro do Rio. 

Ele tinha 19 anos e terminou o ingresso na faculdade de Engenharia, logo trancada. Não demore muito para suas peças, comece a confeccionar apenas em prata, não gosto de cariocas. Em 1981, o designer autodidata abriu a primeira loja, no Shopping da Gávea. 

Chegou a ter 18 pontos de venda espalhados pelo Brasil (atualmente, são 11), criou hits como pulseira Deseja e como alianças Dany e conquista importantes prêmios de design com peças como o quebra-cabeça elaborado e o mesmo que usa o retrato ao lado. 

Nas últimas cinco décadas, ele nunca parou de criar, nem mesmo quando uma força-tarefa de Lava Jato descobriu envolvimento da Joalheria no esquema do ex-governador Sergio Cabral, em outubro de 2017 – após um acordo de exclusão, Antonio se comprometeu a pagar multa de R $ 10,1 milhões e presta serviços sociais durante dois anos. 

Na entrevista a seguir, o designer fala sobre aulas de bijuterias que comandam semanalmente em uma ONG, lembra momentos marcantes de sua trajetória e conta como comemora os 50 anos do Primeiro Anel.

De onde veio a inspiração para a sua primeira peça?

Eu passei o dia conversando com os clientes no balcão da loja do meu pai. Gostava de arte. Um dia, faça o esboço de um anel. Mostrei para um ourives mais chegado, que você executou-lo. Quando ele me entregou uma peça, ficou encantado: para um carrinho de rolimã, foi a primeira vez que algo realmente foi feito por mim. Imediatamente, desenhei um segundo anel e, depois, um terceiro. Tomei coragem para mostrar para amigos, namorada, família … Todo mundo me deu força para continuar. Uma única coisa que não sei é para quem dei, ou vendi, esse primeiro anel.

Como entrou no mercado?

Naquela época, o comércio feminino era concentrado nas butiques. E um biju de prata era o ponto alto. Juntei os dez modelos que tinham uma caixinha e levavam o melhor do Rio, que fica na esquina da Rua Santa Clara com Figueiredo Magalhães, em Copacabana. O dono me recebeu com uma cara de desânimo. Mas, em alemão, dizia para o sogro, que estava na loja, que tinha achado ou meu trabalho legal. Ele não pode imaginar que eu entenda alemão ( risos ). Saí de lá feliz da vida.

Pensou em estudar design?

Como oficinas dos ourives foram minha escola. Não sou contra o estudo, mas o estudo te diz como fazer. E eu transgredia tudo o que era aqui como o certo. Apenas por não ter técnica para fazer peças complexas, minha joia sempre foi muito simples. Depois de oito anos trabalhando com nossas atividades, descobri que tinha alguma habilidade manual. Peguei ferramentas na loja do meu pai e montei o meu primeiro ateliê, no apartamento onde morava, no Jardim Botânico. Certo dia, os produtores da novela “Água viva” (1980), que freqüentam ou atendem, botam ou brinco Raio na TV. A minha casa lotou e, meses depois, abri a minha primeira loja.

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios