Entretenimento

Globo demite Renato Aragão e corta outras estrelas históricas do canal

Onda de corte no casting fixo da emissora chegou aos veteranos do canal e nomes como Tarcísio Meira e Cid Moreira podem também deixar a casa

A Globo tem enxugado ao máximo o seu casting fixo. E a rede não têm poupado nem mesmo os mais veteranos e já realizou inúmeros cortes na tentativa de enxugar os gastos.

Agora chegou a vez do eterno trapalhão Renato Aragão deixar o canal após 44 anos como contratado da emissora. Aos 85 anos, ele foi comunicado pela própria emissora sobre a não renovação do seu vínculo, a se encerrar nesta terça-feira (30).  O humorista confirmou para Maurício Stycer que está deixando a rede.

Fora do ar desde 2013, Renato Aragão tinha um salário mensal na casa dos R$ 400 mil reais, segundo fontes do canal.

Assim como Didi, outros veteranos com contratos praticamente vitalícios com o canal, como Cid Moreira, Tarcísio Meira, Gloria Menezes também podem ser dispensados em breve. Outros medalhões como Aguinaldo Silva, Vera Fischer, Miguel Falabella, Zeca Camargo e Stênio Garcia já perderam seus contratos com a rede.

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios