Entretenimento

Globo é acusada de copiar o Fofocalizando para enfrentar Fabíola Reipert

A Globo estreou o programa Se Joga, de Fernanda Gentil, com o pé esquerdo, sendo comparado ao Fofocalizando, do SBT. Aparentemente, foi uma alternativa da emissora para “popularizar” suas tardes e bater de frente com Fabíola Reipert, da Record.

Há mais de um ano, a jornalista comanda o Hora da Venenosa com as fofocas mais quentes do mundo dos famosos e foi a responsável pela ideia de Silvio Santos em criar o formato inicial do seu vespertino, com vários apresentadores.

Anos depois, a Globo seguiu os passos de Silvio, mas o resultado foi similar ao do SBT. Nas redes sociais, a opinião do público foi quase unânime e as comparações com outros diversos programas das variadas emissoras foram inevitáveis.

Entre os mais citados como “inspirações” para o Se Joga estavam o extinto Vídeo Show, da própria Globo, o saudoso Vídeo Game, comandado por Angélica, o Fofocalizando, o Encontro com Fátima Bernardes, o Zorra e até o Programa do Ratinho.

Em determinado momento, o programa entrou com as “fofocas” do mundo dos famosos diretamente de uma redação, com o tradicional “Padrão Globo de Qualidade”, e esse foi o ápice para que as comparações com o programa do SBT fossem intensificadas.

O programa abordou notícias que as pessoas já estavam cansadas de saber desde o último final de semana, como a entrevista em que Reynaldo Gianecchini assumiu ter ficado com homens e o vídeo de Paolla Oliveira com um motorista de Uber.

Diferente do Fofocalizando e do quadro de Fabíola Reipert no Balanço Geral, o Se Joga não contou com as informações que o público realmente gostaria de saber sobre os famosos, apesar contar diariamente com todo o elenco da Globo à sua disposição.

Isso mostra que a emissora quer falar apenas o que os seus contratados gostariam que fosse falado. Enquanto isso, a Record, o SBT e até a RedeTV! “se jogam” nas mais diversas informações que os famosos querem esconder a qualquer custo.

Na audiência, o Se Joga só conseguiu vencer o SBT. Já Fabíola seguiu “surfando” com seu jeito comum de falar e suas famosas alfinetadas, somados à irreverência de Geraldo Luís. Um passa tempo perfeito para o público paulista depois do almoço.

No Twitter, um telespectador opinou: “O #SeJoga tenta emular o Balanço Geral e Fofocalizando, mas sem aquele nível de vergonha alheia e tosquice, que torna as rivais mais divertidas”. Talvez falte “se jogar” no que o público realmente quer.

Confira:

 

Via
Terra RD1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios