BrasilNotíciasPolíticaRio de JaneiroSaúde

Governo do Rio determina retomada parcial do transporte intermunicipal

Ônibus, trens e metrôs funcionarão com capacidade reduzida

O transporte intermunicipal de passageiros no estado do Rio de Janeiro será retomado parcialmente, a partir deste sábado (6), como medida de flexibilização da quarentena.

A determinação consta em decreto do governador Wilson Witzel, publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (5). O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, já editou medidas flexibilizando as restrições ao comércio, apesar dos índices de covid-19 ainda estarem crescendo.

Entre as restrições, estão a lotação máxima de assentos disponíveis nos ônibus intermunicipais e nas barcas que fazem a ligação com o Rio, ficando proibido passageiros viajarem em pé. Para trens e metrôs, ficou definido que só poderão transportar 50% do número de passageiros. Todos os passageiros e funcionários das empresas concessionárias deverão utilizar máscara e deverá ser ofertado álcool em gel ou outro produto desinfectante aos usuários.

A exceção da liberação é o transporte intermunicipal dos municípios de Barra Mansa, Pinheiral e Volta Redonda. Nessas cidades, permanece restrita a circulação de ônibus intermunicipal, ônibus fretado e vans nas conexões com outras cidades. O transporte coletivo entre os três municípios está mantido. A região de Volta Redonda continua com índices altos de contaminação por covid-19.

Com o decreto, fica suspenso o controle de acesso de passageiros em todas as estações de trem e metrô. No sistema ferroviário, permanecerá suspensa a operação do ramal Guapimirim.

O decreto pode ser acessado na página do Diário Oficial na internet.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios